Ofereça um mimo no Dia da Mulher

Invenções Acidentais no jornal I

Artigo no jornal I: 11-Nov-2010

111110JornalI

«O que têm em comum a plasticina, o raio-X e a batata frita pala-pala? À primeira vista, nada. Mas um mergulho mais profundo na origem destas invenções e percebemos que nasceram de um acidente ou por mero acaso. A plasticina, por exemplo, era um produto de limpeza para papel de parede. Foi Joseph McVicker que em 1956 resolveu emprestar um bocado do produto à cunhada que era educadora de infância. Ela viu ali um brinquedo ideal para acalmar miúdos irrequietos. Já a batata frita pala-pala nasceu como forma de vingança em 1853. Depois de um cliente se queixar que as batatas fritas estavam demasiado grossas, George Crum, um cozinheiro amargurado, decidiu cortá-las o mais fino possível, carregá-las de sal e torná-las estaladiças. Ao estilo “toma lá que já almoçaste”. O cliente adorou.

Estas e outras invenções acidentais fazem parte do livro publicado pela Booksmile. Birgit Krols é o autor dos textos de “Invenções Acidentais que Mudaram as Nossas Vidas”. São mais de 60 objectos e substâncias que nos são tão queridos e que se não existissem a nossa vida seria muito diferente. Imagina viver sem sanduíches, microondas ou Coca-Cola?

Qualquer um de nós adorava ter o seu nome neste livro e ver desastres diários transformados em criação genial. Tipo: “Ai, tu queres ver que deixei o sumo no alpendre e ele congelou?” Et voilà, o gelado em pauzinhos e foi o começo de um negócio milionário.»