Livraria Ideal desenrolou a múmia!

110825Livraria Ideal

As múmias invadiram os estúdios da TVI, mais precisamente o programa Livraria Ideal apresentado por João Paulo Sacadura.

CIM 7239Desenrola a Múmia é o segundo título de uma colecção de livros em 3D, desdobráveis e com pop-ups, que oferecem conhecimento aos mais novos de uma forma muito inovadora.

As crianças descobrem a cabeça da múmia abrindo as abas e depois podem pendurar a múmia na parede do quarto pelos furos. Depois é só explorar e descobrir muitas coisas esquisitas sobre múmias como: o coração, como os órgãos eram conservados em frascos durante milhares de anos, ou quais eram os animais que os egípcios mumificavam.

Podem assistir ao programa íntegra aqui. E boas leituras!

110825Livraria Ideal1

110825Livraria Ideal3

110825Livraria Ideal2

 

Desenrola a Múmia! na Revista LER

Artigo de Carla Maia de Almeida na Revista LER: Dez-2010

011211LER

mumia

“Sugestões de Natal

Dinossauros, Múmias e Outras Questões

Há de tudo: ilustrações vintage imagens tridimensionais, tecido macio em relevo e livros de quase metro e meio. Quase.

LIGAÇÕES MISTERIOSAS

O Antigo Egipto exerce um fantástico fascínio intemporal, em parte devido à ligação à morte e ao sobrenatural. Uma criança muito pequena assustar-se-á com a múmia de olhos esbugalhados que «salta» deste livro, atingindo uns respeitáveis 1,20 metros, mas um destinatário a partir dos 7/8 anos terá outras emoções. Depois de pendurada na parede – é só passar um fio entre dois duros – a informação continua legível. Na mesma colecção, veja-se também Esses Ossos, sobre o esqueleto.

 

 

 

 

 

Novidades infantis em manchete no Diário Digital

Artigo no Diário Digital: 20-Out-2010

201010DiárioDigital

«As novas surpresas e maravilhas da Booksmile
A Booksmile surpreende de novo e comprova ser uma das principais editoras infanto-juvenil do mercado nacional. Agora é a vez de «Tem calma, Boris!», de Sam Lloyd, maravilhar os mais novos, mas também os mais velhos, como acontece aliás com «Desenrola a Múmia», de Ian Dicks e David Hawcock, que permite ter no quarto uma múmia com um metro de altura. Mas o espanto, e alguma repugnância, continua com «Ripley´s… Acredite se Quiser! Ver para Crer». Saliência também merece «Gingão!», de Rufus Butler Seder, que promete continuar o êxito de «Galope!», do mesmo autor.»

Untitled